Os filhos e as filhós

“As palavras são como as cerejas” – dizia o meu “avó” Jacinto, de Camarate, como já aqui referi várias vezes.

Pois cá estão elas a puxar uma pelas outras.

Puxei pelas “Bolas de Berlim”, que uma refugiada judia da Alemanha introduziu em Portugal, fiz crescer água na boca a um bom número de leitores, e agora vem o velho amigo Lopes Cardoso perguntar mais detalhes sobre as tradicionais “filhós” portuguesas.

Antes de responder directamente à pergunta, um esclarecimento sobre os ditos e bem saborosos fritos do Natal.

Eu não sei qual a origem das filhós, como doce. Mas já assim se chamavam no século XVI, pois já Gil Vicente escreveu sobre elas:

mando-vos eu sospirar pola padeira d’Aveiro que haveis de chegar à venda e entam ali desalbardar e albardar o vendeiro senam tever que nos venda vinho a seis, cabra a três pão de calo, filhós de manteiga moça fermosa, lençóis de veludo casa juncada, noite longa chuva com pedra, telhado novo a candea morta e a gaita à porta. Apre zambro empeçarás olha tu nam te ponha eu o colos na rabadilha e verás”.

        Quanto à etimologia, filhós vem do latim filiola, que significava filha pequena.

         Agora, respondendo à pergunta: filhós é tão bom, que todos gostam de comer e ninguém se farta, na noite da consoada, e no dia seguinte.   Por isso é tanto masculino, como feminino, tanto singular, como plural.    Comem todos: o filhós, a filhós, os filhós, as filhós.

Há quem use no singular filhó, mas parece-me que está errado.   Nos séculos XIV e XV usava-se filhó por filho, e talvez por detrás desse uso se esconda a origem do bolo.  Não sei!

 E há também quem use no plural filhoses e também filhozes.   Este plural já entrou no costume, e portanto, segundo os dicionários,  não é errado.Nos Açores chamam-lhes “malassadas”.

       Bom proveito!

6 Responses to “Os filhos e as filhós”


  1. 1 Ladybird 30 Novembro 2007 às 2:24 pm

    No Algarve chamamos filhoses (ou filhozes?)

  2. 2 lopes cardoso 4 Dezembro 2007 às 8:30 am

    Bem haja caro Inacio, pela referencia e pela explicacao.
    Desejo-lhe um Feliz Hanukkah e se desejar, passe pelo “d’algodres” e comente a entrada que la coloquei sobre o tema!

    Shalom.

  3. 3 Victor Marques 23 Junho 2010 às 8:59 am

    Antes demais parabéns pelo Blog . Também me sinto atraído pelo significado e origem das palavras .
    A propósito da origem da palavra filhós ao que sei é de origem Judaica e era como os Judeus escreviam filhos , acrescentavam um assente no ( ó ) . A titulo de informação eu sou natural de uma aldeia em Portugal que dá pelo nome de Filhós , concelho de Alcanena .

    Cumprimentos

    Victor

    • 4 Inacio Steinhardt 23 Junho 2010 às 9:13 am

      Caro Victor,

      Muito obrigado pela sua visita e pelo seu comentário.

      É muito possível que a origem das filhós seja judaica, pois os judeus têm uma festividade, mais ou menos na mesma altura do ano, chamada Hanucá, em que comem fritos semelhantes.
      É uma história longa que, se houver interessados, um dia contarei.
      Mas isso de os judeus escreverem filhos com assento no ó. deve ser lenda, pois a palavra hebraica para filhos é muito diferente.
      Gostaria de saber mais sobre a sua terra natal.

      Com os meus cumprimentos

      Inácio

  4. 5 Victor Marques 23 Junho 2010 às 9:16 am

    Não me restam muitas dúvidas acerca da origem da minha terra , e acabei de tirar uma informação da net em que o nome Antunes é de origem Hebraica , se assim for é de todo possível que o nome Filhós esteja associado a este nome de família pois a habitação mais velha aí existente remonta a mais de 200 anos e pertencia a família Antunes . Seria possível esclarecer se de facto o nome Antunes deriva do Hebraico ?

    Cumprimentos ,

    Victor

    • 6 steinhardts 23 Junho 2010 às 9:33 am

      O apelido ANTUNES um patronmico portugus, que significa “filho de Antnio” ou Anto, que mesmo. No portanto, que eu veja, um nome de origem hebraica. Mas, como sabe, todos os nomes hebraicos dos judeus portugueses deixaram de ser usados em Portugal, em 1497, quando da converso forada dos judeus ao cristianismo. Nessa altura todos foram batisados com apelidos portugueses comuns. Portanto alguns deles tero recebido tambm o apelido ANTUNES.

      Mais no sei.

      Incio


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: