Percevejos, pulgas e outras espécies zoológicas

Estou encantado com esta minha recente aventura no Reino dos Blogs – Blogosfera, como já me ensinaram.

Além de me proporcionar o contacto com muitos novos e valiosos amigos, tem-me permitido também aumentar os meus conhecimentos. Assim, quando chegar a “velho” já levo mais bagagem.

No outro dia, deixei cair aqui, de passagem o “pionés“, com que ia pendurar mais uma achega histórica no poste.   E logo o amável leitor Luís Mateus me escreveu um esclarecimento importante sobre a origem do nome deste predecessor do “Post-It” (nome provavelmente inspirado no meu blog, hahaha) da 3M, que ainda não foi totalmente suplantado pelos diversos programas “Notes”,  incluindo mesmo o componente do “Outlook”.  

Não são só as palavras que têm vida própria – e portanto “história”; os produtos também a têm. Os meus netos já não conseguem conceber ideias tão simples como a “ardósia” em que aprendi, se não a ler, pelo menos a fazer contas. E porque estou a escrever “os meus netos”? Provavelmente muitos dos meus leitores só ouviram falar em semelhante objecto, nunca o viram.

Pois voltando ao “pionés“, pois claro que tem carradas de razão o Luís Mateus. É um aportuguesamento do francês “punaise“(1256), percevejo, forma feminina de “punais” (1138), do latim vulgar putire, cheirar mal, e nasus, nariz, o que cheira mal do nariz.

A verdade é que o meu saudoso professor de francês, na Escola Portugália, o sempre jovial Dr. Alexandre Martins Correia, já me ensinara a pronúncia correcta. Mas já lá vão uns bons 60 anos. Na altura em que escrevi, não relacionei.  (A propósito do Dr. Correia, um dia, quando cheguei à aula, ele recebeu-me com esta expressão: “Oh, que vous êtes caran-d’ache aujourd’hui”. Quem adivinha o que ele queria dizer?) O americano Edwin Moore registou em 1899 a patente da sua invenção: “um alfinete com pega”, a que chamou na sua língua “Push Pin”, ou seja “alfinete de empurrar”.Em 1900 alugou um quarto para fabricar, de noite, os alfinetes, que vendia de dia.A primeira venda, dizem, foi de uma grosa de push-pins, por $2,00 dólares.  Quem teria sido a primeira pessoa a estabelecer a ligação entre o polegar que espeta a “tacha”pois claro que temos uma palavra vernácula para o pionés – e a unha do dito, que esmaga mortalmente o percevejo, não sei. “Ainda” não sei. Se “pouce” não se escrevesse com “ou” e como tal se não pronunciasse, talvez arriscasse uma relação com “puce” (tudo insectos de certas camas, pois dizia o meu “avô” Jacinto, “quem se deita com cães acorda com pulgas”). Mas lá diz o ditado que a história etimológica tem razões que a razão não conhece. Já sei, já sei, não foi da etimologia que o Pascal disse isso. Mas vem a dar no mesmo. 

2 Responses to “Percevejos, pulgas e outras espécies zoológicas”


  1. 1 a. cardoso 26 Outubro 2006 às 7:12 am

    E com enorme prazer, que aqui venho sempre ilustra-me. Mais uma entrada interessantissima.

  2. 2 anjo 27 Outubro 2006 às 3:33 pm

    Ah, meu amigo, deixei comentário no blog anterior antes de me aperceber que tinha mudado de direcção. Com sorte, talvez ainda tenha acesso à mensagem, ainda que, desde já lho adianto, não mereça o trabalho; mais não foi do que um partilhar de boa disposição. Agora que penso nisso, o partilhar de boa disposição tem muito mais valor do que aquele que levianamente lhe atribuí.

    Pois então temos caran d’ache? Suponho que não o achou com cara de lápis ou de caricatura.

    Quanto aos avós (o que o inclui a si, pelo que fiquei a saber) são mesmo dos melhores contributos para quem somos. Digo-o tanto pelos avós que tive e tenho como pelo testemunho dos avós que os meus pais são para o meu pequeno rebento. Temos é que nos acautelar perante essa juventude que por dá cá aquela palha nos classifica de cotas, pelo menos eu que até me julgava ainda jovem e aceitavelmente atenta, já fui chamada á atenção por chamar mensageiro ao msn. Esta gente pequena não perdoa nada.

    Bem, já me alonguei demais. Até à próxima.

    (e explique lá, se faz favor, o que é cara de caran d’ache…)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: